Bife com molho à café

Finalmente, amanhã já é fim-de-semana!! É pena é que com ele volte a chuva e o frio. Andava a saber tão bem o bom tempo. Mas, pode ser que não esteja assim tão mau tempo, como dizem que vai estar e que dê para aproveitar bem o fim-de-semana.
Para o fim-de-semana deixo-vos uma receita, que para variar foi mais uma experiência. Mas, desta vez não foi com doces, mas sim como um molho para uns bifes de vitela.
Esta receita foi o meu Marido que sugeriu fazer. Depois de ter ido ao Brasil, vai fazer uns 3 anos, onde experimentou bife à café, tentámos fazer em casa esse bife, mas com natas!! E não correr bem!
À pouco tempo voltámos a tentar fazer com natas. Numa primeira tentativa não voltou a correr bem, por causa da receita que usei e numa segunda tentativa, fiz só para o meu marido usando as natas e outra receita, e já correu melhor. Mas, como não gosto muito de natas, pelo seu sabor e também pelo facto de serem super calóricas, decidi experimentar fazer esta receita com iogurte natural magro. E até correu bem!
Desde aí que faço sempre com iogurte natural e na minha opinião fica melhor do que com as natas. Fica aqui a receita:

Ingredientes (2 pessoas):

2 bifes de vitela de boa qualidade
2 dentes de alho
1 chávena de café de máquina, mal cheia (1 bica mal cheia)
1 fio + 1 colher de chá de azeite
1 iogurte natural magro (100g)
sal q.b.
piripiri q.b.

Começar por temperar os bifes com o alho cortado aos bocadinhos, piripiri e sal, e deixar estar assim algum tempo. Num frigideira anti-aderente colocar 1 fio de azeite. Deixar aquecer, pouquinho tempo, e colocar os bifes de vitela a fritar. Ir virando. Normalmente deixo só um pouquinho mal passado.
Depois de estarem prontos retirar os bifes para um prato, e colocar na frigideira o café e a colher de chá de azeite. Levar a lume brando e deixar apurar. Depois adicionar o iogurte, misturar bem com o café e provar, para ver se é necessário rectificar o sal.
Apagar o lume e colocar o molho por cima dos bifes, que foram retirados antes. Servir com arroz simples e salada de alface e tomate.
Atenção: depois de se adicionar o iogurte, não se pode deixar muito tempo ao lume, pois senão o molho começa a ficar muito líquido e deixa de ficar cremoso. E o molho tem que ficar cremoso. Assim, depois de colocar o iogurte só deve ficar ao lume o tempo necessário para aquecer o iogurte. Logo, tem que ser ter atenção a como fica a espessura e o aspecto do molho.
Ficou assim:


Normalmente, esta receita só a faço ao domingo, que é o dia que deixo para cometer mais exageros em termos alimentares.
Fica muito bom e nem se dá pelo facto de ter iogurte.
Espero que experimentem!!
Bom fim-de-semana!!

Ângela

Comentários

  1. Um prato que parecia tão simples, mas onde os detalhes todos contam. Após insistencia a "obra" apareceu! Palavra de quem acompanhou a evolução de perto. Ass.: o marido da Ângela.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

As mais visitadas